Reserva do Itamaracá

Como escolher um condomínio para morar?

Como escolher um condomínio para morar?A procura por casas em condomínios fechados é muito alta em Campinas e na região. Em geral, as pessoas procuram neles um lugar com mais espaços abertos e mais lazer, mais áreas verdes, mais tranquilidade, além de mais privacidade e segurança.

Com tantas opções na região, como comparar os condomínios e fazer uma boa escolha? Conheça a seguir alguns aspectos importantes para ter em conta na hora da decisão:

Avalie o custo/benefício

Na hora de comparar os custos fixos para morar em um determinado condomínio (como o IPTU e a mensalidade do condomínio), não basta considerar apenas o valor. É preciso ter em conta os benefícios que cada um oferece. Um condomínio pode ter um custo mensal superior a outro, mas pode oferecer uma estrutura de lazer muito superior, por exemplo. Neste caso, seu custo/benefício é muito mais vantajoso e ele merece ser escolhido.

Infraestrutura de lazer

As áreas de lazer são alguns dos principais apelos dos condomínios. Por isso, vale a pena comparar o que cada um oferece: piscinas, quadras, churrasqueiras, academias etc. Por sinal, é também importante considerar aquelas opções que mais te atraem, pois nem todos desfrutam de toda a infraestrutura. E assim você poderá optar por aquele que dispõe de opções mais atraentes.

Manutenção e conservação

Cada condomínio tem uma equipe própria de manutenção e conservação das áreas comuns. Vale a pena verificar, em cada um deles, como é a qualidade do serviço nesses locais. Veja como é feita a limpeza, qual é o estado de conservação do mobiliário, se os jardins e os gramados estão bem cuidados etc. Esse padrão de manutenção é importante para criar uma atmosfera agradável no condomínio, o que eleva a qualidade de vida esperada no local.

Segurança

Este é outro tópico bastante desejado por quem deseja morar em um condomínio. Por isso, é importante conhecer os serviços que cada um conta: ronda permanente, câmeras, controles em portarias, grades externas etc. Compare o pacote de segurança que eles oferecem e avalie a melhor opção.

Acessos e serviços no entorno

Ao comparar condomínios, também é necessário olhar para o que cada um tem “do lado de fora”, sobretudo os acessos e os serviços no bairro. Verifique, por exemplo, se um condomínio é bem servido de rodovias e avenidas, se é fácil chegar a ele e se há opções para deslocar-se facilmente a outras regiões da cidade. Outro ponto importante é checar se o local é bem servido por linhas de transporte público. Isso pode facilitar o acesso de visitas, funcionários etc. Também é importante averiguar como é a oferta de comércios e serviços no entorno: padarias, supermercados, farmácias, academias, escolas etc. Essa oferta é importante para que a rotina em um local seja mais prática no dia a dia.

Valorização do imóvel

Sendo investidor ou não, todos preferem comprar um imóvel em um condomínio que tem potencial de valorização do metro quadrado. Neste caso, é importante conversar com um consultor de uma imobiliária (nós, da Criar Imóveis, podemos prestar este auxílio) para saber se o imóvel em um determinado condomínio tem boas perspectivas de valorização no mercado. Tudo isso irá depender da procura por imóveis na região, oferta de serviços no local, qualidade de vida etc. Vale a pena conversar com um especialista.

Perfil dos moradores

Uma dica final é conhecer um pouco do perfil dos moradores em um condomínio. Converse com o síndico, por exemplo, para saber se os moradores têm um perfil mais familiar, ou se preferem uma rotina com mais agito, por exemplo. Pode ser interessante conhecer melhor, de antemão, se o perfil dos moradores combina com o da sua família.