Reserva do Itamaracá

Banheiros se transformam em vedetes da casa


Banheiro com 22 m² assinado pela designer de interiores Giseli Koraicho, da Infinity Spaces
Os banheiros estão se tornando ambientes da casa cada vez mais nobres, nos quais as pessoas andam investindo – e muito! – em acabamentos de qualidade, tecnologia e detalhes de alto luxo.
Antigamente, o espaço era pouco decorado e mais focado na higiene. “Hoje, os banheiros são salas de banho, com TVs, chuveiros com cromoterapia ou banheiras espetaculares e interagem com o usuário através da tecnologia. Acabamentos como mármore, silestone e pastilhas com combinação de cores variadas são muito usados e agregam sofisticação ao ambiente”, diz a arquiteta Jóia Bergamo.
Mercado em expansão, a cada dia aparece um novo material dedicado ao banheiro. Um exemplo são os cimentícios antiderrapantes que além de serem mais estéticos, pois não necessitam de junta e são oferecidos em diversas cores, são mais seguros e sustentáveis. Outra novidade são os porcelanatos “slim”, também antiderrapantes.

Martin Szmick/Divulgação
O freijó linheiro ajuda a compor o clima leve de tons claros do banheiro projetado por Adriana Tupinambá. A arquiteta primou pela praticidade: repare que o gabinete é suspenso, facilitando a limpeza diária. Por sua vez, o nicho sob o tampo de mármore foi aproveitado com fartos armários e gavetas. Na entrada, a porta de correr não só imprime o tom despojado à proposta, como abre espaço para a circulação. A marcenaria foi executada pela Hds

Vivi Sparco/Divulgação
A sala de banho com 15 m² para o casal, com banheira e box duplos, assinada pela arquiteta Samia Sarayedine e a designer Renata Seripieri, alia funcionalidade e estética através do uso de materiais como porcelanato polido e as pastilhas de mármore Portobello e do mobiliário Bontempo em laca brilhante

Ary Diesendruck/Divulgação
Com a simples aplicação das pastilhas em uma faixa sinuosa, o projeto da designer de interiores Noura Van Dijk ganhou movimento. O ambiente de 13,2 m² tem o piso criado com o mosaico, preferência da proprietária. A área do banho, apesar de compacta, integra ducha e ofurô, que são banhados por luz natural e, ainda, é atendida pelo cabideiro de piso da Interbagno. Duas cubas acoplam-se na bancada de mármore piguês, dando maior conforto ao casal

Paulo Falcão/Divulgação
Idealizado para um jovem casal pela arquiteta Karina Afonso, o banheiro (4,4 m²) chama a atenção pelo revestimento em papel de parede Tutte Belle, com desenho provençal. A proposta cria um tom entre o clássico e o moderno ao combinar o desenho classudo e a bancada de granito são gabriel preto fosco, da Mont Blanc Mármores. O espelho é da Guardian

J. Vilhora/Divulgação
Apesar do tradicional azul, este banheiro masculino inova pela miscela e as faixas de pastilhas na parede e no piso, bem como a aplicação de acrílico na frente das gavetas e entre os espelhos. Projetado pela arquiteta Cinthia Garcia e pela designer de interiores Andréia Karalkovas para dois meninos, o espaço (4 m²) ganhou azulejo no resto da parede, porcelanato no chão e gabinete suspenso para facilitar a limpeza do dia a dia. Louças e metais, da Deca
Atualmente, conforme aponta a arquiteta Anna Maria Rezende, coordenadora do curso de design de interiores da Faculdade Anhembi Morumbi, os arquitetos têm escolhido revestimentos antes incomuns para esse ambiente, como papel de parede, madeira e texturas.
Também, agora, muitos projetos indicam a impermeabilização só para as áreas molhadas. “Coisa que antes não era muito aceita”, afirma Anna. Além disso, elementos decorativos como quadros e mobiliários de design entraram nos banheiros, tratados como área nobre.
Bonitos e funcionais
De qualquer forma, a funcionalidade continua sendo uma preocupação. Por isso, bacias e gabinetes suspensos estão em alta, pois “facilitam a higiene”, explica Anna. Já pensando na individualização das funções, é comum banheiros de casal possuírem duas cubas, dois chuveiros e até dois sanitários, estes últimos muitas vezes separados do resto do espaço em cabines.
Mas cuidado! Antes de executar o projeto do seu banheiro e pensar naquele detalhe deslumbrante, garanta a sua funcionalidade imaginando toda a rota que fará através dele, ensina Anna: “Quando entro, tiro a roupa e ponho onde? Onde vou colocar o xampu, quantos são os xampus? Tem espaço suficiente, como vou conseguir me mexer?”
Pensada a organização dos elementos principais, seja o ambiente grande ou pequeno, luxuoso ou simples, o que mais importa é que você se sinta bem e relaxado em seu banheiro.
Fonte: uol.com.br